A pele é o maior órgão do corpo e a primeira barreira entre o animal e o ambiente. Fornece proteção contra lesão física, química e microbiológica. Tem como principal anexo o pêlo, que além de controlar a temperatura corporal, fornece proteção à pele. É nesse contexto que está inserida a Dermatologia Veterinária, responsável pela prevenção e tratamento das doenças que podem acometer a pele e os pêlos dos animais. Dentre essas doenças temos as dermatopatias alérgicas, parasitárias (sarnas), bacterianas, fúngicas, doenças autoimunes, doenças endócrinas com reflexo cutâneo, dermatites psicogênicas, neoplasias, etc.

O sintoma cardeal na Dermatologia Veterinária é o prurido (ou coceira), sintoma este que pode ajudar e muito no diagnóstico. Nesse universo temos vários exames complementares, sendo os mais comuns o parasitológico do raspado cutâneo ou do cerúmen, citologia de lesão cutânea ou de cerúmen, cultura bacteriana e antibiograma, cultura fúngica, histopatológico (biopsia), dosagens hormonais (via sangue). Conferir proteção a esse grande órgão oferecendo, conseqüentemente, proteção a todo o restante do organismo do animal, essa é a missão dessa especialidade.

 

Entre em Contato